Ana Morina não perdoa Luís Castel-Branco: “Chamou-me cabra”

Ana Morina não perdoa Luís Castel-Branco: "Chamou-me cabra"

Maria Botelho Moniz e Luísa Castel-Branco desentenderam-se no “Dois às 10” desta segunda-feira e Ana Molina comentou o caso nas redes sociais.

Links patrocinados

A apresentadora e a comentadora desentenderam-se devido às declarações de Maiana Duarte, que acusou a colega, Sara Sistelo, de ser “vulgar” pelas roupas que estava a usar.

Luísa Castel-Branco deu razão a Mariana e defendeu o seu direito de dar a sua opinião, mas Maria Botelho Moniz não concordou e exaltou-se. “Isso é conversa de velho do Restelo, desculpe lá. Alguém poder chamar ‘vulgar’ a outra mulher na televisão para um país inteiro e não podemos condenar? Não tem direito nenhum!”, atirou.

Links patrocinados

Ana Morina, ex-concorrente do “Big Brother 2021”, não ficou indiferente e comentou o caso no Instagram do “Dois às 10”.

Leia Também: Concerto de David Carreira cancelado por falta de público

“A senhora que diz que qualquer dia não temos liberdade de expressão confunde-se muito. Querida Luisa Castel-Branco, com todo o respeito que me merece porque podia ser minha mãe digo-lhe que ter-me chamado de ‘cabra’ em pleno direto neste programa não é liberdade de expressão, é falta de educação e insulto. Infelizmente não podia fazer nada nem me defender”, começou por escrever.

“Mas hoje e depois de ver este pequeno vídeo acho que não tem moral para falar sobre um tempo que viveu e que na realidade afinal não aprendeu nada! Somos todos mais novos mas somos de facto mais bem educados”, atirou.

Poderás gostar...