O texto sobre Ronaldo que está a varrer Portugal: “Uma inveja dos pequeninos, que só os pequeninos sentem”

O texto sobre Ronaldo que está a varrer Portugal: "Uma inveja dos pequeninos, que só os pequeninos sentem"

“Este é um texto sobre Cristiano Ronaldo, mas não é um texto sobre Cristiano Ronaldo.

Links patrocinados

Este é um texto sobre a inveja inútil, destrutiva, miserável, asquerosa, aquela que nos faz querer rebaixar quem está onde nós gostaríamos de estar, aquela que nos faz querer atacar quem tem o que nós gostaríamos de ter, aquela que nos faz celebrar o que corre mal a quem tem o talento que nós gostaríamos de ter.

Essa é a inveja que por todo o lado, nas caixas de comentários, nas ruas, em surdina ou em público, mais temos visto nos últimos dias. Uma inveja dos pequeninos, que só os pequeninos sentem — e que os encolhe ainda mais, que os deixa mirradinhos, minúsculos, meros parasitas.

Links patrocinados

Eu prefiro a outra inveja, a boa, a útil, a inveja dos grandes. A que me faz olhar para quem fez o que eu gostaria de ter feito, para quem conseguiu o que eu gostaria de ter conseguido, e tentar eu mesmo fazer o que alguém um dia gostará de ter feito, e tentar eu mesmo conseguir algo que alguém um dia gostará de ter conseguido.

A inveja que me faz acreditar mais em mim, que me faz pensar que se ele conseguiu eu também posso conseguir. A inveja que me faz aplaudir quem invejo, admirar quem invejo, inspirar-me em quem invejo, aprender com quem invejo: crescer com quem invejo.

Porque, desenganem-se, não é a inveja que é uma coisa feia; é o que fazemos com ela.”

Um texto de Pedro Chagas Freitas.

Poderás gostar...