Castelo Branco ataca portugueses após condenação por furto: “Portugal é ingrato…”

Castelo Branco ataca portugueses após condenação por furto: “Portugal é ingrato…”

José Castelo Branco foi condenado ao pagamento de uma multa de 550 euros, no âmbito do processo do furto de um perfume da marca Dior, em dezembro de 2019, numa loja do Aeroporto de Lisboa.

Links patrocinados

O comentador da CMTV, Adriano Silva Martins, falou com José Castelo Branco sobre o caso e revelou o conteúdo da conversa no programa Manhã CM desta segunda-feira.

“O Zé está triste, acha que Portugal é ingrato com ele porque realmente nem sequer foi notificado que tinha de ir a tribunal. Isto sempre na versão de José Castelo Branco”, começou por dizer o comentador.

Links patrocinados

“Diz que está disposto a pagar a sua dívida com a sociedade fazendo trabalho pela comunidade […] Está triste com a situação e acha que não teve direito a se defender como tinha de defender, que é um mal-entendido”, explicou, acrescentando que o socialite acha ainda “indignante dar-se tanta importância a um perfume quando há gente que roubou muitas coisas e muito maior e que continuam em casa tranquilamente”.

Leia Também: A declaração de Georgina Rodriguez a Ronaldo que está a deixar o craque em lágrimas

You may also like...