Cristiano Ronaldo condenado a 100 chicotadas

Cristiano Ronaldo levanta polémica na Arábia e arrisca prisão

Notícia foi avançada esta quinta-feira e está a deixar adeptos do futebol e fãs de Cristiano Ronaldo preocupados com o futuro do craque.

Links patrocinados

A atitude de Cristiano Ronaldo, no passado mês de setembro, quando visitou o Irão ao serviço do Al Nassr pode vir a custar muito caro ao internacional português.

De acordo com informações adiantadas, esta quinta-feira, pelo programa televisivo italiano TgLa7, o internacional português incorre no crime de adultério, que, no país do Golfo Pérsico, é castigado com uma pena de até 100 chicotadas.

Links patrocinados

Em causa está o encontro do avançado de 38 anos com Fatemeh Hamami, uma artista iraniana de 34 anos que tem 85% do corpo paralisado, devido a complicações registadas aquando do nascimento, que se tornou famosa devido aos quadros que pinta com os pés. Na altura, Fatemeh Hamami presenteou o jogador formado no Sporting com um quadro da sua autoria, ao que este respondeu abraçando-a e beijando-a na face, algo que é proibido pelo país, visto que ambos não se encontram casados.

O gesto é proibido no Irão e considerado adultério, uma vez que Cristiano Ronaldo está junto de Georgina Rodríguez. Agora, o Irão quer ver Cristiano Ronaldo a ser chicoteado 100 vezes por esse motivo.

Relembre-se que Cristiano Ronaldo e Georgina ainda não se chegaram a casar, o que torna o caso ainda mais surreal.

You may also like...