TVI corta 60 mil euros do ordenado de Cristina Ferreira devido a incumprimento da apresentadora

TVI corta 60 mil euros do ordenado de Cristina Ferreira

Em constante rivalidade com a SIC, Cristina Ferreira, diretora de Entretenimento e Ficção da TVI, vê o seu salário a sofrer um corte de 60 mil euros.

Links patrocinados

A estação de Queluz de Baixo não está satisfeita com os resultados que Cristina Ferreira tem apresentado ao canal, isto tudo durante uma constante rivalidade com a SIC, que tem mostrado quem é mais forte no ‘braço de ferro’ das audiências.

Se até há pouco tempo Cristina Ferreira levava para casa um ordenado bruto de cerca de 200 mil euros, a apresentadora acabou por ser confrontada com um corte salarial de cerca de 30%, correspondendo a 60 mil euros brutos.

Links patrocinados

De acordo com a revista TV Guia, Cristina Ferreira sofreu o abrupto corte salarial por não ter cumprido os objetivos da administração, tal como foi estabelecido no contrato celebrado entre as duas partes.

Leia Também: Teresa Guilherme arrasa Cristina Ferreira: “Se a Cristina continuar na TVI ficarei o resto da vida sem fazer televisão”

“Sim, é verdade”, confirmou fonte próxima da apresentadora. Desta forma, Cristina Ferreira passa a levar ‘apenas’ 140 mil euros brutos para casa. No entanto, continua a ser suficiente para garantir que é a ‘estrela da televisão’ mais bem paga de Portugal.

You may also like...