Escândalo no Mundial: “Golo de Messi no prolongamento é ilegal”

Escândalo no Mundial: "Golo de Messi no prolongamento é ilegal"

A taça do Mundial 2022 já foi entregue à Argentina, mas o jogo da final, entre a Argentina e a França, ainda está a causar polémica nas redes sociais.

Links patrocinados

Segundo a imprensa francesa, o golo de Lionel Messi no prolongamento, que colocou a Argentina na frente do marcador com 3-2, terá sido ilegal.

“Messi remata e marca o 3-2 para a Argentina, apesar da tentativa tardia de defesa de Jules Koundé. Só que o golo é ilegal, se aplicarmos rigorosamente as regras. Quando Messi chuta, alguns suplentes argentinos, carregados de emoção, já estão em campo, prontos para comemorar, o que é estritamente proibido”, explica o L’Équipe.

Links patrocinados

No entanto, a França acabou por restabelecer a igualdade no marcador e o jogo seguiu para desempate por grandes penalidades, onde a Argentina acabou por dominar e vencer a competição.

Leia Também: Katia Aveiro reage à final do Mundial: “Pior copa de todos os tempos”

Com a conquista do Mundial, Messi conquistou o último troféu que lhe faltava e ganhou mais um argumento para o debate sobre o melhor jogador de todos os tempos.

You may also like...