Justiça ignora Tony Carreira e iliba principal suspeito da família Carreira

Justiça ignora Tony Carreira e iliba principal suspeito da família Carreira

A justiça portuguesa ignorou o pedido feito pela família carreira, que pediu para que Paulo Neves fosse julgado pelo crime de homicídio por negligência.

Links patrocinados

Os pais de Sara Carreira alegam que a tragédia também tenha sido provocada pela conduta de Paulo Neves, que conduzia alcoolizado no dia do acidente, com 1,18g/l de álcool no sangue, e a cerca de 30 km/h, tendo dado início à série de acidentes que culminou na morte da da jovem.

No entanto, o Ministério Público considera que “da dinâmica do acidente não se indiciam factos que permitam imputar ao arguido Paulo Neves o resultado morte da vítima Sara Antunes, ao contrário do que sucede relativamente aos arguidos Cristina Branco e Ivo Lucas.”

Links patrocinados

“Para que fosse possível imputar a tal arguido o resultado morte, necessário seria estabelecer o nexo causal entre a sua conduta e o resultado morte”, o que, no entender do Ministério Público de Santarém, não acontece.

Leia Também: Ivo Lucas e fadista Cristina Branco acusados da morte de Sara Carreira

Além de ilibar Paulo Neves, o Ministério Público acusou Ivo Lucas e a fadista Cristina Branco do crime de homicídio por negligência.

You may also like...