Vítima da solidão. O triste (e verdadeiro) fim de Linda de Suza

Vítima da solidão: O triste fim de Linda de Suza

Linda de Suza morreu esta quarta-feira, aos 74 anos, vítima de insuficiência respiratória, e passou os seus últimos dias de vida em solidão e na miséria, longe dos que mais amava.

Links patrocinados

Linda de Suza foi uma das mais conhecidas cantoras portuguesas, tendo vendido mais de dois milhões de exemplares. Era um “verdadeiro fenómeno popular”, foi assim que a descreveu o investigador Vítor Pereira.

A certa altura, a carreira da cantora começou a entrar em declínio e Linda afastou-se de toda a gente. “Toda a gente me roubou. Vendi milhões de discos e de livros e agora nem tenho dinheiro para comprar comida para o cão (…) é só o que me preocupa”, contou a artista.

Links patrocinados

Segundo um antigo colega da cantora, Linda de Suza passou as suas últimas semanas como viveu parte da sua vida, isolada, em profunda solidão.

Leia Também: Georgina Rodríguez enxovalhada por outras mulheres por mostrar o presente milionário que deu a Ronaldo: “Ela precisa de mostrar”

“O filho andava de televisão em televisão a dizer a dizer que mãe estava melhor (…) ele o que sabia dela? Ela só queria carinho e atenção, nunca teve, nem doente, nem no Natal. Sozinha, sem amor, com poucas esperanças de um dia voltar a ser o que foi, deixou-se ir abaixo nos últimos tempos, perdeu a vontade de tudo. Até de comer. (…) Foi um fim anunciado…”, revelou o antigo colega, que não quis ser identificado.

You may also like...