Padre corrupto desvia mais de 15 mil euros das esmolas dos fiéis de paróquia em Seia

Padre corrupto desvia mais de 15 mil euros de dinheiro de esmolas da paróquia em Seia

Só há cerca de três semanas é que a situação foi descoberta. Padre conseguiu desviar mais de 16 mil euros doados pelos fiéis à paróquia.

Links patrocinados

Humberto Coelho, padre na Paróquia de Torroselo, em Seia, é acusado de ter desviado 16 mil euros das contas da Igreja. Quem confirmou o escândalo foram elementos ligados ao conselho económico da paróquia, que ficaram perplexos quando deram conta do desfalque cometido pelo padre.

“Claro que estamos todos chateados, nós e o povo. É dinheiro das esmolas, dos peditórios e de outras contribuições das pessoas, muitas delas que passam dificuldades. Fica muito mal ao senhor padre”, revelou Luís Coragem, 77 anos, que integra aquela comissão.

Links patrocinados

Só há cerca das três semanas é que outro sacerdote, que integra o conselho e supervisiona as contas descobriu o caso, apesar dos levantamentos, quase todos feitos no multibanco, terem começado há vários meses.

Leia Também: Atriz Alexandra Lencastre ‘reaparece’ e deixa amigos preocupados com carta de pedido de ajuda

“Não sei como descobriu, mas chamou-nos lá e aquilo [a conta] estava mesmo em baixo. Já fizeram os cálculos e o prejuízo é de 16 mil euros. É uma tristeza”, desabafa.

Confrontado à porta de casa, o padre disse que não confirma nem desmente, mas que garante estar de consciência tranquila.

“Na altura da apresentação das contas saberão o que aconteceu”, sublinhou. As contas deverão ser apresentadas durante a primeira quinzena de janeiro. Para já, e ao que tudo indica, o sacerdote já terá começado a repor parte do dinheiro. “Os pais já lá puseram seis mil euros e com certeza vão continuar a ajudar”, diz, por seu turno, a paroquiana Maria da Conceição, 78 anos.

You may also like...