Santiago Lagoá despedido da TVI porque humilhou grupo musical em direto (toda a verdade)

Santiago Lagoá despedido da TVI porque humilhou grupo musical em direto (toda a verdade)

Já é conhecida a razão pela qual o apresentador Santiago Lagoá foi afastado do “Somos Portugal”, da TVI, no passado dia 17 de janeiro. 

Links patrocinados

No dia 17 de janeiro, Santiago Lagoá recorreu às suas redes sociais para anunciar que tinha sido afastado do “Somos Portugal”, ao final de 6 anos no programa.

Santiago Lagoá anunciou no passado dia 17 de janeiro que foi dispensado do Somos Portugal, onde estava há vários anos. “É uma notícia triste que chega a poucas semanas de completar seis anos de programa“, escreveu o apresentador na altura.

Links patrocinados

Durante várias semanas, os portugueses protestaram contra o afastamento do apresentador, sem perceberem a razão da sua saída.

Leia Também: O adeus à televisão: Fernando Mendes e o final do ‘Preço Certo’

No entanto, a revista TV Mais revelou recentemente um detalhe que poderá explicar a decisão da TVI. É que Santiago Lagoá foi um dos visados de uma queixa apresentada na ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social), relativa a uma emissão do “Somos Portugal” exibida em julho de 2022.

Segundo o queixoso, “os dois repórteres [Santiago Lagoá e Mónica Jardim] tiveram uma atitude em direto para milhares de pessoas em que humilharam um grupo coral gozando e, inclusive, dizendo estarem desafinados”, referindo-se ao grupo coral Amigos do Rosário.

Embora a ERC tenha decidido a favor dos apresentadores, esta queixa poderá ter estado na origem da decisão da estação de Queluz-de-Baixo.

You may also like...