Rita Guerra terminou casamento “doentio” com António Pedro Cerdeira em plena lua-de-mel

Rita Guerra terminou casamento "doentio" com António Pedro Cerdeira em plena lua-de-mel

O breve casamento entre Rita Guerra e António Pedro Cerdeira voltou a vir à baila após o ator ter sido acusado de violência doméstica pela ex-companheira, Susana Silva.

Links patrocinados

Susana Silva acusou António Pedro Cerdeira de a agredir e humilhar durante sete dos nove anos de relação que tiveram. O ator ter-lhe-á partido a cabeça com um banco e prendido com uma trela, entre outras agressões que Susana garante ter documentado em fotografias que entregou às autoridades, quando apresentou queixa do ator.

Em 2011, Rita Guerra viveu um curto romance com o ator e as suas declarações no final da relação vão ao encontro do que Susana tem descrito.

Links patrocinados

Apesar de se conhecerem apenas há 9 meses, o casal casou-se em outubro de 2011, mas acabaram por se separar apenas 5 meses depois.

Leia Também: “Falta de humildade”: Georgina Rodríguez arrasada por outras mulheres por usar roupa de luxo

António anunciou uma separação por “decisão mútua e muito bem ponderada entre duas pessoas que se respeitam”, mas, mais tarde, Rita Guerra descreveu outro cenário.

“É verdade, já lá vai algum tempo, e não aguento mais fazer de conta que está tudo bem, quando não está”, começou por dizer a cantora, que descreveu que o casamento se estaria a tornar “doentio”, acusando o ator de ser “ciumento e possessivo”.

You may also like...