Tony Carreira não aguenta a dor e admite que quer morrer cedo: “Já posso ir”

Tony Carreira, de 58 anos, esteve à conversa com Susana Torres no podcast Zoomcast e admitiu que quer morrer cedo, mas ainda tem alguns objetivos para cumprir.

Links patrocinados

“O meu tempo de vida aqui já não é importante. Não me apetece andar cá até aos 80 anos, de forma alguma”, começou por revelar o cantor. No entanto, antes de partir, Tony tem ainda alguns objetivos por cumprir. “Nesta reta final que me falta, espero dar um toque aos meus filhos, sentir que posso partir e que eles estão bem. E que a Associação [Sara Carreira] está bem e já posso ir”, explicou.

Desde a morte da filha, Tony Carreira nunca mais foi o mesmo. “Esta tragédia mudou o meu olhar sobre muita coisa: sobre mim próprio, o que me resta fazer… Portanto, espero que esta reta final seja a cantar e principalmente a colocar a associação da minha filha no patamar que deve estar para quando eu tiver de partir saber que fica cá um bocado dela”, revelou.

Links patrocinados

Após a perda de Sara, o artista encontrou algum conforto na companhia de Molly, a cadela que era da filha. “A Molly ajuda-me e nem sabe o quanto me faz bem”, confessou o cantor.

Leia Também: Tony Carreira e Fernanda Antunes juntos pela filha: “Mais histórias, mais amor”

You may also like...